Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial - Associado à FAAP

Think tank, and a do tank

Debate sobre a publicação 'Novos fluxos por oportunidades'

23/05/2017

A famosa Casinha do Instituto Fernand Braudel recebeu sábado, dia 20 de Maio, Fernanda Zanelli, autora da publicação “Novos fluxos por Oportunidades”, desenvolvida pelo Itaú Social em parceria com o Instituto Braudel. Tendo como fio condutor o protagonismo juvenil nas periferias de São Paulo, a obra de Fernanda foi apresentada a jovens da rede pública de ensino e outros convidados interessados em debater sobre políticas públicas, participação de jovens em tomadas de decisões, barreiras que impedem o acesso de jovens da periferia à cultura e à educação, além da valorização de iniciativas e lideranças que emergem fora do centro de São Paulo.

A grande maioria dos jovens presentes no encontro faz parte do programa Círculo de Leituras do Instituto Fernand Braudel e já tem o papel de multiplicadores em suas escolas. Eles se mostraram entusiastas com o trabalho de Fernanda Zanelli não só pelo conteúdo abordado, mas principalmente pela linguagem adotada. Tanto a ilustração (de Paulo O’Meira) como a escrita faz com que jovens vindos da periferia de São Paulo se reconheçam na obra. E aí está a grande força do trabalho.

  • Foto: Divulgação/Instituto Fernand Braudel

  • Foto: Divulgação/Instituto Fernand Braudel

  • Foto: Divulgação/Instituto Fernand Braudel

  • Foto: Divulgação/Instituto Fernand Braudel

Em “Novos fluxos por Oportunidades”, Fernanda Zanelli retraça a jornada do herói, desenvolvida na obra de Joseph Campbell “O herói de mil faces”, para apresentar o percurso de jovens da periferia de São Paulo desde o momento em que “escutam o chamado” para romper os muros que dividem o mundo comum àquele da grande aventura, passando por obstáculos e desafios inerentes à travessia, até o regresso à comunidade, àquele mundo comum - só que munidos da recompensa: o elixir, ou seja um grande aprendizado. Uma vez incorporada esta experiência da travessia, o jovem se transforma e nos relembra uma famosa frase de Albert Einstein: “A mente que se abre a uma nova ideia, jamais volta ao seu tamanho original”. Inicia-se, então, uma nova jornada: a do compartilhar. Dividir tal vivência entre seus pares, familiares e a própria comunidade é fundamental para a continuidade do fluxo de oprtunidades. Daí a necessidade de políticas públicas para incentivar e ampliar redes de relacionamentos entre jovens e multiplicar o efeito de tais Odisseias. Uma forma de fomentar outras travessias e novas lideranças.

Logo após o encontro, os jovens presentes, inspirados pelas discussões com a autora, responderam na forma de batida de poesia (poetry slam). O resultado foi esse:

Aqui estamos nós Jovens sem voz
Entonteado estou, não sei pra onde vou
A minha quebrada, se vê desmembrada

Mas existe a rede, que quebra a parede
Da desigualdade, nessa louca sociedade
Somos jovens no escuro
Até atravessar o muro

O medo me consome, não sei pra onde olhar,
Eu sou um bloco nesse muro, foi difícil me encaixar,
E agora querem me tirar?

Ei, me respeita, sou da periferia
Mas continuo sendo uma parte do sistema.
A bala não me abala, violência enraizada mata jovem na calada.

Sociedade hipócrita, cultura machista,
periferia segue de forma maciça.

Sociedade exclusiva consequentemente assassina
Que mata meus sonhos, não vendo meu tamanho

A vontade de mudança mantém firme minha esperança
Preso na teia
O jovem anseia
Mesmo sozinho sigo o caminho

O desafio é grande e o sonho é maior ainda
Para um novo mundo eu dou boas vindas
Universo imerso no seu mundo de méritos
Se baseiam em nota pra rotular o sucesso

A luta é constante na periferia
E ainda questionam meritocracia
Quero oportunidade, visibilidade
Voz e poder pra encarar a sociedade

Fugir ou ficar
Eis o dilema
Já que é rap
Joga a culpa no sistema

REFRÃO
Novos fluxos na busca por oportunidade,
No início da história me vem o chamado de ir
Encontro um mentor que mostra a travessia
A aventura que regresso com o elixir

Endereço e
contatos:

Rua Ceará, 2
CEP 01243-010
São Paulo - SP - Brasil

Tel. (11) 3824-9633